analise de uma obra de arte | conheça alguns dos nossos videos

Com a colaboração dos nossos autores temos partilhado vídeos de analise de uma obra de arte . Ou de obras de arte de vários artistas, de diferentes épocas e com diferentes perspetivas de análise.

Fazemos agora uma pequena recapitulação de alguns destes vídeos.

Acompanhados com ligações para artigos de analise de uma obra de arte com maior desenvolvimento dos temas tratados.

Esperamos que se encante com a genialidade de alguns dos mais famosos artistas da história da arte e que estas informações lhe sejam úteis.

Obrigado!


analise de uma obra de arte | Johannes Vermeer e a intensa beleza do cotidiano!

Johannes Vermeer

“realiza figurativamente o espaço, partindo do conceito de espaço: apenas quando o conceito desaparece, dissolvendo-se nos objetos, é que se pode dizer que o espaço existe no quadro- não mais como conceito abstrato, e sim como realidade vivida, como existência.”

“Parte do conceito de espaço, ou da concepção unitária do real, para daí deduzir o conhecimento das coisas particulares. ” (Argan, 1992. Pag 504)

Começando por esta citação de Giulio Argan a respeito de Morandi, alinhando-o a Vermeer e contrapondo ambos a Mondrian e Paolo Uccelo. Vemos uma construção muito acurada de quem foi Johannes Vermeer e sua arte. Um pintor e negociador de arte do qual se sabe muito pouco, mas que em seu trabalho deixou uma assinatura tão nítida de ardor técnico, análise de composição, meticulosidade e construção pictórica.

Conheça a obra fascinante e meticulosa de Johannes Vermeer no artigo Vermeer e a intensa beleza do cotidiano e no artigo sobre a sua mais emblemática obra Moça com brinco de pérola.


analise de uma obra de arte | artistas neoclássicos do Brasil e o retrato do império

O Neoclassicismo no Brasil

O neoclassicismo, também conhecido como academicismo, é o nome dado ao sistema artístico baseado nos princípios acadêmicos das instituições de arte europeias.

No Brasil, o academicismo prevaleceu do começo do século XIX ao começo do século XX e deixou um imenso legado e obras de forte impacto para os brasileiros.

As academias de arte da Europa nasceram em fins do Renascimento. Isso significa que muitos dos padrões e temas de interesse daquele período continuaram a interessar durante muito tempo aos artistas ligados a elas.

A Academia Imperial de Belas Artes floresceu no Brasil, sob fundação de D. João VI (na época chamada Escola Real de Ciências, Artes e Ofícios) e mais tarde, sob mecenato de D. Pedro II. Os artistas brasileiros se ocuparam principalmente da pintura histórica e da temática indianista, uma vez que a figura do “bom selvagem” se adaptava à imagem do indígena brasileiro.

A historiadora de arte Graça Proença (2005) informa que “em meados do século XIX, o Brasil passou por um período de crescimento econômico, estabilidade social e incentivo às letras, artes e ciências por parte do imperador D. Pedro II”.

Entretanto, a autora continua, afirmando que a arte da época “ainda refletia a influência da escola conservadora europeia.”

No vídeo pode ver alguns artistas e obras de destaque desse período. Para conhecer a obra de Victor Meirelles de Lima leia o artigo dedicado a este artista.


analise de uma obra de arte | Mulheres e mitologia na história da arte

Como os artistas retrataram as mulheres e mitologia em vários momentos da História da Arte.

A mitologia clássica é um tema recorrente na História da Arte e mesmo que, em certos períodos da história ela tenha sido menos retratada (ou nem tenha sido) volta e meia estamos de cara com obras que reconstituem fatos da cultura e do imaginário greco-romano.

De um modo geral, a mitologia era uma maneira que os gregos, assim como outros povos, tinham para explicar não só os fenômenos diários, mas até o fato de se apaixonar por alguém.

Com o declínio dessas culturas, em parte pela dominação cristã, esses temas foram abandonados. Até que com a Arte Renascentista, por volta do século XIII, eles foram retomados.

Com os movimentos que se seguiram, ora a mitologia era um grande tema, ora ninguém queria saber. Uma coisa é certa: algumas das maiores e mais importantes obras de arte da humanidade tem na mitologia clássica o seu assunto central. E dentro da imensa variedade de assuntos, há um destaque para a figura feminina, que dizia respeito não apenas à época do mito, mas ao período em que foi pintada. A analise de uma obra de arte sob a perspetiva da presença da mitologia e da presença feminina pode ser encontrada nos artigos.


Aprenda mais sobre análise de arte

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Newsletter

Menu