O DESTINO CUMPRIDO (1888), de Edward Burne Jones (1833-1898)

Newsletter

Edward Burne Jones

Burne Jones, pintor simbolista inglês, recebeu a tarefa de decorar a sala de recepções do Lord Balfour, que deixou a temática à escolha do artista. O pintor escolheu então o mito de Perseu. A penúltima tela da série, chamada O Destino Cumprido representa o momento em que o herói ataca e vence o monstro marinho que ameaça a jovem Andrômeda.

Por: Rute Ferreira, autora do e-book Mulheres, Arte e Mitologia Grega – Deusas

Mulheres e Mitologia 1

O Mito de Perseu

Perseu é o mesmo herói que matou a Medusa, usando um truque pra não virar pedra com o olhar do monstro. Logo depois desse feito, ele vê a bela Andrômeda presa a uma rocha, com o monstro marinho por perto. A pintura tem como cenário um fundo rochoso, e o monstro – uma espécie bizarra de serpente – se enrosca no corpo do herói numa tentativa frustrada de ataque. Perseu empunha a espada e o espectador visualiza a morte da besta, adiantada pelo olhar fixo do guerreiro.

O destino cumprido burne jonesNosso olhar é atraído, entretanto, pela moça à esquerda da pintura, Andrômeda. Filha do rei, e parecendo uma estátua de mármore, ela é a imagem do erotismo e do “prêmio” que aguarda o herói, como lembra o historiador Norbert Wolf. Note-se o cuidado de Burne Jones na representação erotizada mas ainda assim aparentemente inocente da princesa.

Esteticamente, ela “resplandece”, sendo o único ponto brilhante num fundo escuro e no meio de uma luta onde prevalece o tom de azul escuro. Numa posição que nos deixa perceber apenas seu rosto de perfil, ela parece se afastar ligeiramente para o lado, mas acompanha atentamente o desenrolar da batalha.

Em breve, Andrômeda deixará de ser a presa do monstro para ser a amante do herói. E ela sabe disso.

O que acontece nesse caso, é que o pintor representou mais o símbolo feminino de sua época do que necessariamente a grega.

O despontar do século XX está ligado a um ideal feminino que combina a inocência pueril com a femme fatale.

 

 

Para saber mais sobre Mitologia e História da Arte:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Newsletter

Menu