Um panorama da história da arte brasileira da pré-história à época contemporânea

É com muito gosto que apresentamos o curso online certificado sobre história da arte brasileira .

O tema – história da arte brasileira – é sem dúvida imenso, diverso, tão interminável quanto a interminável capacidade criativa do povo brasileiro. Não iremos aqui tratar movimentos e artistas de forma enciclopédica mas sim olhar para o percurso da história da arte brasileira desde a tão pouco conhecida arte rupestre até aos movimentos de rutura contemporâneos.

Conheça as primeiras palavras sobre o curso da autora Rute Ferreira.


O Brasil

O Brasil é um país imenso, localizado no continente americano e que abriga atualmente mais de 200 milhões de pessoas, divididas em cinco regiões, formadas por vinte e seis estados e um Distrito Federal, num território de 8.516.000 km², o que faz dele o quinto maior país do mundo em extensão territorial.

Colonizado por portugueses a partir do seu “descobrimento”, em 1500, o Brasil já era um território habitado há bastante tempo. Juntos – o que não quer dizer unidos – os nativos, portugueses e escravizados africanos, dentre outros, deram início a um país multicultural e miscigenado. Nas origens do povo brasileiro há um pouco de cada parte do mundo.

Não é por acaso que a arte produzida no país seja tão distinta, tão regional e ao mesmo tempo tão universal. Não é a toa que, ao receber referências de tantas ordens, a arte brasileira seja tão diversa, como diverso é o seu povo. Estudar a história da arte brasileira é mais que conhecer movimentos e estéticas produzidas num determinado território.

Trata-se ainda – e principalmente – de reconhecer a busca de um povo por sua identidade cultural.

história da arte brasileira | antes, muito antes…

história da arte brasileira capivara webPara começar esse estudo, conheceremos um pouco a respeito da arte rupestre do território brasileiro, algo que as instituições governamentais (e a maior parte do povo brasileiro) em pouco ou nada tem mostrado interesse.

Imagem – Pintura rupestre na Serra da Capivara e imagem símbolo do local. Pode conhecer aqui. 

história da arte brasileira marajoEm seguida, veremos as produções de dois povos que habitavam o país antes, muito antes da chegada das caravelas portuguesas: as artes marajoara e tapajó. Essas culturas podem nos revelar muito acerca do povoamento do país antes de 1500, o ano que marca a chegada de Pedro Álvares Cabral ao país e que serve como nosso “ano zero”, ao menos em boa parte da historiografia oficial.

Imagem – Estatueta feminina em forma de falo, cultura marajoara. Pode ler mais sobre o tema.

história da arte brasileira arte plumáriaTambém conheceremos um pouco sobre a arte indígena que esse navegador e sua tripulação encontraram ao chegar aqui.

Imagem – Arte plumária brasileira.

história da arte brasileira | a influência da produção europeia

história da arte brasileira jesuitasEm seguida, conheceremos a influência da produção europeia no país, que começa a partir de sua colonização, por volta de 1530. Aqui veremos o papel das Missões Jesuítas como origem do teatro brasileiro e dos artistas viajantes, especialmente holandeses.

Imagem – Padre Anchieta, pelo pintor Benedito Calixto. 

história da arte brasileira barrocoDestacamos ainda nessa fase o barroco brasileiro, que mesmo influenciado diretamente pela estética europeia, teve especificidades em decorrência de seus autores, povo e território.

Imagem – Cristo carregando a cruz, de Aleijadinho

história da arte brasileiraCabe ainda aqui mencionar a importância da Missão Francesa no país, dos cientistas-artistas que vieram ao Brasil e da arte acadêmica ou neoclássica. Note que até aqui estamos falando do Brasil como colônia portuguesa, portanto, muito do que se produzia esteticamente aqui estava intimamente ligado ao padrão europeu.

Imagem – Goiabas, bananas e outras frutas, de Albert Eckhout.

história da arte brasileira | o retrato do império

história da arte brasileira Moema 1866Com a proclamação da independência, em 1822, o Brasil colônia se torna um Brasil império e é mais precisamente aí que se percebe uma necessidade mais urgente de se construir uma identidade nacional particular. O período coincide com o ambiente Romântico, e os nativos brasileiros, a ideia de “bom selvagem” acabam se tornando tema e modelo para muitas obras do curto período imperial.

Imagem – Moema, 1866, Victor Meirelles de Lima. Conheça melhor o artista.

história da arte brasileira | a modernidade

O Homem Amarelo, de Anita MalfattiÉ aí também que são lançadas as sementes para o Modernismo Brasileiro. Adiante veremos como essa modernidade afetou os modos de se ver e produzir arte e de que maneira as tendências contemporâneas também tiveram suas origens.

Imagem – O Homem Amarelo, de Anita Malfatti

Pode conhecer melhor a obra de Anita Malfatti no artigo A Beleza de uma pioneira


Ao final de cada módulo, você encontrará um texto chamado “Notas Extras”, com ligações interdisciplinares e curiosidades ou o “Pequeno Artigo” em que você poderá conhecer mais sobre algum tema específico abordado no texto principal e questões de opinião. Também deixamos ao seu dispor, ao final de cada lição, a opção “Para Saber Mais”, com ligações para outros sites em que poderá complementar seus estudos.

O estudo da história da arte no Brasil também permite que se compreendam outras questões, que vão da política à educação, por exemplo. A história da arte brasileira é uma lente que nos ajuda a ver com um foco um pouco mais preciso a história geral desse país, cujos contrastes são tão marcantes quanto sua produção cultural, afinal, a história da arte nos diz muito a respeito da verdadeira história da humanidade.

Rute-Ferreira

Rute Ferreira

Sou professora de Arte, com formação em Teatro, História da Arte e Museologia. Também sou especialista em Educação à Distância e atuo na educação básica. Escrevo regularmente no blog do Citaliarestauro.com e na Dailyartmagazine.com.  Acredito firmemente que a história da arte é a verdadeira história da humanidade.

Da autora

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Newsletter

Menu