Que tal dar uma volta ao mundo através da arte?

No World Art Day , que tal dar uma volta ao mundo através da arte?

No Dia Mundial da Arte, a Citaliarestauro convida você a dar uma volta ao mundo para conhecer ou relembrar algumas obras importantes para a compreensão da arte e da cultura mundial.

Mas primeiro, vamos conhecer um pouco sobre as origens dessa celebração.

o World Art Day

A data foi escolhida pela International Art Association e é um marco relativamente recente – foi aprovada em 2012.

A principal intenção do World Art Day é “promover a consciência da atividade artística em todo mundo”. Em momentos difíceis como esse que estamos atravessando, essa consciência é mais do que nunca, essencial.

As possibilidades de acessar eventos relacionados à arte, produções artísticas e outros, de casa, tem sido um alivio para muitas pessoas nesse período de isolamento social. Claro que essa procura não se deu só por agora, mas por agora se intensificou e isso diz muito sobre a necessidade da arte para a experiência humana.

porquê a 15 de abril?

Mas voltando à data, por que precisamente 15 de abril?

Porque esse dia marca o nascimento do gênio Leonardo da Vinci, que entre tantas outras atribuições, foi um dos maiores artistas que a humanidade já teve.

Para celebrarmos o World Art Day em nosso blog, apresentamos a você cinco artistas, nossos contemporâneos, cujos trabalhos são imensamente interessantes.


NA ÁFRICA

Bruce Onobrakpeya World Art Day

HAVE YOU HEARD? II: A REVISIT OF THE SUNSHINE PERIOD (1960 – 70)

Bruce Onobrakpeya é um pintor nascido na Nigeria em 1932. Com uma paleta muito marcante e característica, ele também faz trabalhos em gravura e escultura.

Há uma série inteira sobre a Paixão de Cristo, de autoria de Onobrakpeya, em exibição permanente no Tate Modern.

Enquanto estamos em quarentena, você pode visitá-la AQUI. 

NA ÁSIA

Kusama World Art Day

Infinity mirror room fireflies on water, 2002

A artista japonesa Yayoi Kusama, nasceu em Matsumoto, em 1929. Seu trabalho possui uma característica bem marcante: a obsessão por pontos e bolas. Além disso, a artista caminha com tranquilidade entre as áreas da pintura, escultura, colagem e outras mídias, com técnicas versáteis.

Kusama luta contra problemas psicológicos desde muito jovem, e segundo ela mesma, é a partir daí que vem sua inspiração para o trabalho. “Traduzo as alucinações e imagens obsessivas que me atormentam em esculturas e pinturas.” Além de seu trabalho como artista, ela também atuou em frentes de militância, incluindo protestos contra a Guerra do Vietnã.

No Brasil, o Museu Inhotim, em Minas Gerais, possui uma obra dela na coleção, o Narcissus Garden, e se preparava para inaugurar um pavilhão inteiro em homenagem à artista japonesa, mas o projeto foi adiado em função da pandemia do COVID-19.

Até lá, é possível visitar o jardim de narcisos de Kusama por AQUI.

NA OCEANIA

Narelle World Art Day

Siren VI, 2007 (da série The Place in Between)

Cercada pelos oceanos Índico e Pacífico, a Austrália ocupa uma área de 7.692.000 km² e tem cerca de 25 milhões de habitantes.

Entre eles está a fotógrafa Narelle Autio, cujo olhar extremamente sensível capta não apenas imagens, mas sobretudo, sensações.

Nascida em 1969, Narelle começou a expor no começo dos anos 2000, ao lado do marido, o também fotógrafo, Trent Parke. Ela também fez parte do In-Public, o primeiro coletivo internacional de fotógrafos de rua.

Pode conhecer mais sobre a artista AQUI.

NA EUROPA

Paula Rego World Art DayPaula Rego é uma pintora portuguesa nascida em 1935.

É doutora honoris causa por diversas universidades e sua obra se situa entre o expressionismo e o surrealismo. Os primeiros trabalhos de Paula foram expostos no começo da década de 1960 e rapidamente bem acolhidos pela crítica.

Nos anos 90, passa a investigar em sua pintura, a condição feminina – data desse período a série da qual faz parte a obra ao lado, Bailarinas Avestruzes.

Pode conhecer algumas das obras de Paula Rego AQUI.

NAS AMÉRICAS

Martha Werneck World Art DayPara encerrar essa rápida volta, apresentamos a artista brasileira Martha Werneck, artista visual e professora da Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Além de compartilhar seu work in progress em sua rede social, o que é comum entre artista contemporâneos, também compartilha textos que expõem seu processo criativo.

A mulher tem papel criador na pesquisa de Martha, que inclui em seu bojo pesquisas que partem da pintura Romântica do século XIX, e técnicas em óleo sobre madeira e metal.

Conheça a exposição da artista “Pequenas Ofélias e Icebergs” AQUI.


Celebrar o dia mundial da arte, em um momento tão delicado como o que vivemos, é reconhecer a importância da atividade artística como uma das atividades fundamentais da vida humana, seja no papel de criador, seja no papel de apreciador.

Feliz dia mundial da arte, em casa.


Rute-Ferreira

Rute Ferreira

Sou professora de Arte, com formação em Teatro, História da Arte e Museologia. Também sou especialista em Educação à Distância e atuo na educação básica. Escrevo regularmente no blog do Citaliarestauro.com e na Dailyartmagazine.com.  Acredito firmemente que a história da arte é a verdadeira história da humanidade.

Conheça alguns cursos da autora

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Newsletter

Menu