Hoje, visite o Museu do Louvre …

Newsletter

Hoje visite o Museu do Louvre em mais uma visita guiada pela Emília Mori, autora dos nossos cursos Linhas Gerais de Gestão Museológica e Património Cultural.


Hoje, que tal visitarmos o Museu do Louvre, na França?

Museu do Louvre doc

Mas antes – o que vai encontrar?

O edifício

Musée du Louvre (em francês) ou Museu do Louvre (português),além de ser considerado o maior museu de arte do mundo também se classifica como um monumento histórico, pois abriga aproximadamente 38 mil objetos – desde a Pré-história ao Século XXI – expostos numa área de 72 mil e 735 metros quadrados. É um dos pontos turísticos mais visitados no mundo. Só em 2017 recebeu 8 milhões e 100 mil visitantes.

Museu do Louvre sub solo

A localização do Louvre é privilegiada, fica na margem direita do Rio Sena, marco central de Paris (França) e está localizado também no Palácio do Louvre, onde originalmente foi construído para ser uma fortaleza. Foi construído entre os séculos XII e XIII, durante o reinado de Filipe II. No porão do Museu é possível visualizar os restos da fortaleza.

Em razão do desenvolvimento urbano da cidade, a fortaleza acabou sendo convertida em 1546, por Francisco I, na residência principal dos Reis Franceses. Diversas vezes foi ampliado, formando o atual Palácio do Louvre. Luís XIV, em 1682, preferiu estabelecer sua residência no Palácio de Versalhes, deixando o Louvre para guardar a coleção real, incluindo a coleção de esculturas antigas gregas e romanas. Em 1692 o Louvre abrigou a Académie des Inscriptions et Belles-Lettres (permaneceu opor 100 anose pela Academia Real de Pintura e Escultura.

O Museu

Durante o período da Revolução Francesa, a Assembleia Nacional Constituinte francesa decretou que o Louvre possui a finalidade de museu e passou a exibir exposições das obras-primas do país.

O Museu do Louvre foi inaugurado em 10 de agosto de 1793, houve uma exposição com 537 pinturas, a maioria eram obras pertencentes à realeza ou propriedades confiscadas da Igreja. Durante o governo de Napoleão a coleção aumentou, em razão disso chegaram à renomeá-lo de Museu Napoleão. Contudo, após a abdicação do mesmo, houve diversas apreensões de obras e devolvidas aos seus proprietários originais.

Durante a Terceira República (em francês: La Troisième République – 1870 à 1940) as peças cresceram constantemente em razão de doações e legados.

A coleção foi dividida em 8 departamentos curatoriais para melhor compor o acervo:

  • Antiguidades Egípcias;
  • Antiguidades do Oriente Médio,
  • Antiguidades Gregas,
  • Etruscas e Romanas;
  • Arte Islâmica;
  • Escultura;
  • Artes Decorativas;
  • Pinturas;
  • Impressões e Desenhos.

A visita ao Museu do Louvre

Embora seja um lugar que se leva horas para esgotar todas as obras e objetos de modo a apreciá-los significativamente (a maioria das pessoas prefere visitar em diversos dias) é emocionante estar diante da Monalisa (Leonardo da Vinci) ou da obra A Liberdade guiando o Povo, de Eugene Delacroix, dentre tantas outras.

Monalisa, inclusive, sempre imaginamos um quadro maior, mais imponente, eis que nos deparamos com uma obra de 50×60 cm, posta em uma redoma de vidro quadrada, numa sala que mal conseguimos nos adentrar, tamanha quantidade de visitas que a pintura recebe. Ainda assim, a obra de Leonardo da Vinci fascina pelas histórias tanto do artista quanto da pintura em si.


Nas visitas virtuais pode apreciar algumas das coleções que integram o acervo deste imenso museu e exposições temáticas.

Ir para os Online Tours do Museu do Louvre.


Contamos consigo:

Nos comentários pode partilhar com todos os colegas sugestões e ligações para visitas, iniciativas, espetáculos ou exposições online.

Obrigado!


Emilia Mori foto (002)

Emília Mori

Colaboradora no “Citaliarestauro.com” – Criação e tutoria do Curso “Linhas Gerais da Gestão Museológica” e do Curso “Patrimônio Cultural” e vários artigos. Experiência profissional nas áreas da docência e museologia. Pós Graduação em Gestão e Ensino a Distância; Graduação em História; Pós-graduação em Gestão Museológica;  Pós-graduação em Docência; Graduação em Direito; Pós graduação em Patrimônio Cultural.

Da autora

10 Comentários. Leave new

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Newsletter

Menu