Hoje, visite o Coliseu e o Fórum romano …

Visita guiada ao Fórum romano e Coliseu.

Hoje visite o Fórum Romano e o Coliseu numa visita guiada pela Emília Mori, autora dos nossos cursos Linhas Gerais de Gestão Museológica e Património Cultural.


 

O Coliseu

Em homenagem à nossa querida Itália – uma das mais atingidas de forma grave com a doença, o famoso Coliseu, além de nos remeter ao passado, uma forma de averiguar também a panorâmica de Roma. Vem comigo…

coliseu roma

CARREGUE NA IMAGEM PARA VISITA VIRTUAL

Neste link há um tour por vários ângulos, mostrando a vista panorâmica de Roma, a capital da Itália e um dos lugares turísticos mais visitados do mundo.

A construção se encontra a leste do Fórum Romano, outro lugar considerado belíssimo como ponto turístico e de riqueza histórica.

A construção parou de ser utilizado na Era Medieval. Em 2007 o Coliseu foi considerado uma das 7 maravilhas do Mundo Moderno, sem, contudo ser reconhecido formalmente.

Atualmente, se encontra parcialmente arruinado devido a terremotos e saques, mas ainda considerado um dos maiores símbolos da Roma da época do Império.

centro de Roma

Mapa do centro de Roma Antiga durante o Império Romano, com o Coliseu a nordeste, fora do núcleo urbano, no canto superior direito.


Saiba mais sobre a arquitetura de Roma no artigo A arquitetura do grande Império Romano.


Os Arcos triunfais

Há também o Arco de Constantino, o qual é classificado como um dos Arcos Triunfais de Roma. Os outros 2 Arcos Triunfais são:  Arco de Tito e o Arco de Setímio Severo. O quarto Arco – Arco de Giano – não é considerado triunfal.

Os Arcos Triunfais são aqueles construídos para celebrarem um triunfo, isto é, quando se obteve vitória em uma guerra.

Por volta do ano de 300 d.C o Império Romano estava dividido: Constantino I era imperador da Gália, Bretanha e Hispânia, enquanto Maxêncio era o imperador de Roma. Em 312 d.C Constantino I venceu Maxêncio, a batalha ocorreu na Ponte Mílvia, sendo a vitória dos gestos heróicos de Constantino esculpidos no Arco que levou o seu nome.

O Arco de Constantino está localizado ao lado do Coliseu e em frente ao acesso à Via Sacra do Fórum Romano, ou seja, o arco está posicionado exatamente no local onde realizavam desfiles dos triunfos das conquistas na Roma Antiga. Esses desfiles terminavam com uma celebração no Campidoglio. Foi assim que em 315 d.C o Senado Romano construiu o arco em homenagem à vitória de Constantino I sobre Maxêncio.

Arco de Constantino

Durante a idade média o arco era localizado numa das estradas que eram passagem “obrigatória” para todos que circulavam pelo Centro de Roma. Apenas a partir do Século XVI que o arco foi restaurado diversas vezes, desta forma voltando a ser notável como antes.

O Arco de Tito

Após o Arco de Constantino, podemos percorrer Via Sacra, passar pela rua de peras com a pavimentação antiga e chegamos ao Fórum Romano, onde somos recepcionados pelo imponente Arco de Tito.

Tito saqueou e conquistou Jerusalém e retornou para Roma no ano de 71 d.C. Utilizou todo dinheiro saqueado de Jerusalém para construir o arco.

Com a morte de Tito em 81d.C, o senado romano passou a considera-lo como um “deus”, sendo atribuído a imortalidade dos grandes imperadores ao colocarem a seguinte inscrição em seu arco triunfal:

“SENATUS POPULUSQUE ROMANUS DIVO TITO DIVI VESPASIANI F(ILIO) VESPASIANO AUGUSTO” que

Arco de Tito  significa: O Senado e o povo romano ao divino Tito, filho do divino Vespasiano, Vespasiano Augusto.

Fórum romano

Depois de admirar o Arco de Tito, vamos às ruínas do Fórum Romano e do Palatino, os quais formam uma área arqueológica espetacular.

Aproximadamente em 600 a.C, o rei de Roma era Tarquinio Prisco, de origem etrusca. Tarquinio mandou drenar a área porque era considerada uma região de mangue e assim construiu a Cloaca Máxima, considerada a maior rede de esgotos da Roma Antiga existente até hoje.

Atualmente, encontramos as ruínas do Templo de Vesta (deusa da casa e do ambiente familiar) e onde há uma placa com dizeres indicando exatamente onde seria a Cloaca Máxima.


Conheça a deusa Vesta e as vestais no artigo O culto à deusa Vesta | quem eram as Vestais.


A área reunia o centro religioso, político, financeiro, comercial e jurídico de Roma, por essa razão era denominado de Forum Magnum, mais conhecido como Fórum. Foi no período Republicano e Imperial que o fórum cresceu e se desenvolveu, pois foram construídos:

  • O Templo de Saturno – século V a.C;
  • O Templo da Concórdia – século IV a.C;
  • A Basílica Emília – Século II a.C
  • E a Basílica Iulia – construída por Júlio César

Palatino

Durante cada século, o Fórum romano aumentava seu tamanho, pois cada imperador deixava sua marca. Contudo, em 607 d.C seu último monumento foi construído em homenagem a Focas (coluna de Focas), imperador do Império Romano do Oriente que presenteou Papa com o Panteão de Roma.

O Palatino

O Palatino existe desde a pré-história, toda sua evolução é narrada pelo Museu Palatino. No Palatino há menos ruínas que o Fórum Romano. Nele as ruínas são de palácios imperiais onde viveram personagens como Augusto, Calígula, Tibério, Nero. Famoso por ser o lugar – segundo a lenda – onde a loba amamentou os gêmeos Rômulo e Remo. Rômulo funda Roma após assassinar Remo (seu irmão).


Conheça a lenda da fundação de Roma no artigo Quer conhecer a história da fundação de Roma e sua ascensão?


Do alto da Colina, há 6 mirantes, onde se torna possível ver a cidade do alto, dá para ver o Coliseu, a Cúpula da Santa Maria Maggiore, as costas do Vittoriano. Dá para ver também Circo Máximo e o Rio Tibre. E ainda a Cúpula da Basílica de São Pedro, no Vaticano.

Para tour por uma reconstrução virtual pelo Palatino e Fórum Romano carregue na imagem:

Visita Forúm romano


Contamos consigo:

Nos comentários pode partilhar com todos os colegas sugestões e ligações para visitas, iniciativas, espetáculos ou exposições online.

Obrigado!


Emilia Mori foto (002)

Emília Mori

Colaboradora no “Citaliarestauro.com” – Criação e tutoria do Curso “Linhas Gerais da Gestão Museológica” e do Curso “Patrimônio Cultural” e vários artigos. Experiência profissional nas áreas da docência e museologia. Pós Graduação em Gestão e Ensino a Distância; Graduação em História; Pós-graduação em Gestão Museológica;  Pós-graduação em Docência; Graduação em Direito; Pós graduação em Patrimônio Cultural.

Conheça os cursos e e-books da área de turismo cultural

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Newsletter

Menu