aprenda a valorizar o Património enquanto recurso

Num curso de patrimonio cultural a distancia aprenda a dar valor aos recursos patrimoniais através das técnicas de interpretação do património mais adequadas aos seus públicos.

Universo amplo e complexo, permanentemente presente no nosso quotidiano, o Património histórico é indissociável da realidade socioeconómica, requerendo conhecimento, proteção e valorização.

Os formandos deste curso de patrimonio cultural a distancia serão capazes de atribuir valor e dar a conhecer um determinado património, e transformá-lo assim num recurso turístico, educativo e social.

Objetivos de um curso de patrimonio cultural a distancia

No final do curso os formandos serão capazes de atribuir valor e dar a conhecer um determinado património, selecionando a técnica de interpretação mais apropriada, e transformá-lo assim num recurso turístico, educativo e social.

Destinatários

Este curso destina-se a todos aqueles que pretendem valorizar o património enquanto recurso (profissionais e estudantes das áreas de turismo, património, educação, animação cultural e social, etc).

Livre (online 24/24 horas). Acesso integral a todos os conteúdos a partir de desktop ou móvel.

As credenciais de acesso ao curso (código e utilizador e palavra passe) são enviados até 24 horas úteis após confirmação do pagamento.

Certificado

No final do curso será emitido certificado de formação com indicação do programa, duração e avaliação.

Somos entidade formadora certificada. Saiba mais sobre a nossa certificação oficial.


Para que o patrimonio cultural se transforme num recurso tem de ser interpretado. A comunicação com os públicos é hoje cada vez mais importante e reveste várias formas, utilizando diferentes meios. É deste processo de comunicação que trata um curso de patrimonio cultural a distancia visando a interpretação mas também a correta preservação do património histórico e cultural.

O equilíbrio entre a rentabilização económica do património cultural e a sua preservação é um dos objetivos de um curso de patrimonio cultural a distancia.

Qual a origem do conceito de interpretação do património?

O primeiro conceito surge em 1957, pelo filósofo Tilden, que define a interpretação como uma atividade educativa que pretende revelar significados e inter-relações através do uso de objetos originais, por um contacto direto com recurso a meios ilustrativos, não se limitando a uma mera informação de acontecimentos.

Conheça melhor este filósofo norte americano que estabeleceu os principios da interpretação do património.

Em 1972, Aldridge remete-nos para a arte de explicar o significado de um lugar aos visitantes, com o objetivo de transmitir uma mensagem em prol da conservação.

Mais recentemente, a interpretação  é definida por Werner como um método para oferecer leituras e opções para um uso ativo do património, utilizando uma variedade de recursos de apresentação e animação.

Verificamos que os tempos foram passando, mas a essência do conceito mantém-se: a interpretação patrimonial é, pois,  a arte e o método de transmitir significados do património, com recurso a diferentes meios e técnicas.

Conheça os cursos da área do Património Cultural

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Newsletter

Menu