conservação e restauro de obras de arte | métodos de análise em pintura

Este artigo trata um dos aspetos mais importantes do processo de conservação e restauro de obras de arte –  os métodos de exame e análise, que nos fornecem informações essenciais para uma óptima e correta intervenção. Os métodos de análise descritos e analisados no vídeo abaixo são aplicados a pinturas sobre tela. No entanto serão igualmente válidos para a conservação e restauro de obras de arte de outras tipologias, nomeadamente pinturas sobre tábua e esculturas.

Inclui um video tutorial.

Pode aprender mais sobre conservação e restauro de obras de arte  no curso online. Carregue aqui para mais informação.

A importância da análise das obras

Para escolher uma metodologia de intervenção numa obra de arte, uma das etapas fundamentais é a análise da obra.

Existem vários métodos de exame e análise a que podemos recorrer que nos permitem retirar uma grande quantidade de informação, como constatar a forma de execução, elementos que fazem parte da constituição, elementos acrescentados posteriormente, métodos de execução, danos, degradação, entre outros.

conservação e restauro de obras de arte | análise a olho nu

Uma observação crítica da obra constitui o primeiro passo para um correto diagnóstico e para a determinação dos métodos de análise e diagnóstico necessários.

Este tipo de análise ajuda a determinar:

  • a estabilidade física,
  • os diferentes materiais de degradação depositados à superfície,
  • possíveis ataques biológicos,
  • estado de conservação geral.

conservação e restauro de obras de arte | métodos físico-quimicos

Depois da análise geral, recorre-se aos métodos físico-químicos baseados em 2 tipos de exames.

Globais

Utilizam essencialmente radiações visíveis ou invisíveis ao olho humano para determinar, por exemplo:

  • Elementos que constituem a obra,
  • Métodos de ensamblamento,
  • Utilização de elementos metálicos,
  • Aplicação de policromias.

Pontuais

Averiguam mais profundamente a área dos materiais constituintes da obra, através da recolha de micro amostras que são preparadas e analisadas em laboratório.

Podemos determinar, por exemplo:

  • Tipo de aglutinantes usados,
  • Número de camadas de aparelho utilizadas na realização da obra.

Pode ficar a conhecer em que consistem estes métodos de análise no vídeo seguinte.

Aprenda mais sobre conservação e restauro

2 Comentários. Leave new

  • A minha Associação Musical tem uma coleção de instrumentos musicais para expor. Um problema é conservação e restauro dos instrumentos .Estou interessado em aprender o método de conservação e restauro em instrumentos musicais de madeira. Ex: cordofones
    vocês têm um curso sobre esta matéria?
    Obrigado pela atenção
    Rui Camacho
    Associação Xarabanda
    Funchal – Madeira

    Responder
    • Fátima Muralha
      26/01/2020 19:24

      Boa tarde, infelizmente não temos nenhum curso específico para conservação de instrumentos musicais. Seria indiscutivelmente um curso importante mas não temos ainda nenhum professor especializado na área. Muito obrigada pelo contacto e confiança. Fátima Muralha

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Newsletter

Menu