Japonismo | Uma síntese

Japonismo | influência da arte japonesa na arte ocidental

Contém um Ebook Grátis

Até ao século XIX, o Japão permaneceu bastante isolado em relação ao Mundo Ocidental, ficando, assim, fechado às suas influências e vice-versa. No entanto, com a colonização britânica do século XIX, o território nipónico começa a abrir-se às influências externas e o antigo sistema social japonês reforma-se. A arte japonesa é descoberta pelos artistas europeus.

Entre 1860 e 1870, há uma imensa afluência de objectos de arte provenientes do Japão, criando um natural fascínio pela arte e cultura japonesas. Chamou-se Japonismo à troca de influências entre arte japonesa e europeia.

O Japonismo manifesta-se na Arte Ocidental sobretudo através da simplificação de cores e perspectiva. Contudo, não se poderia dizer que se tratava de uma cópia do processo artístico japonês, mas sim um encontro entre ambas culturas e expressões artísticas.

O Japonismo também influenciou grandemente os artistas ocidentais, desde cedo. Alguns exemplos:

 

Van_Gogh_-_la_courtisaneweb

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Cortesã (1887), Vincent Van Gogh (pintura baseada numa estampa japonesa; Museu Van Gogh, Holanda).

 

 

 

Tissot japonaise

Botão pacote

 

 

 

 

 

 

 

TissotLa Japonaise au Bain (1864), Musée des Beaux arts de Dijon

 

 

 

 

 

De facto, pelo final do século XIX, o mercado europeu conhece um afluxo de produtos japoneses de diversa ordem, entre os quais estará a arte japonesa, iniciando, assim, o Japonismo – uma espécie de reinterpretação europeia que integra os estilos japoneses em objectos da arte ocidental.

Autoria do texto: Yolanda Silva

Para conhecer as origens e caraterísticas do japonismo, descarregue o Ebook “Japonismo | uma síntese”

Ebook grátis japonismo

 

Partilhamos ainda um vídeo do Van Gogh Museum sobre a influência da arte japonesa na obra de Vincent Van Gogh

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter

E receba informação atualizada sobre temas de história da arte e valorização do património.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Newsletter

Menu