O que é a 4ª dimensão no cubismo | Pablo Picasso | George Braque

O intervalo de acção do cubismo posiciona-se entre 1907 e 1914 e deve a sua criação a Georges Braque e a Pablo Picasso .

A nossa autora Yolanda Silva explica esta questão no curso online Pintura das Primeiras Vanguardas 1.

Veja no vídeo abaixo explicada a 4ª dimensão no cubismo

O cubismo é tido como a raiz estética da arte abstracta. 

«Para o pintor, os objectos são muito simplesmente uma multiplicidade de formas planas coloridas.» (Juan Gris).

Os artistas cubistas defendem uma arte pura, cerebral e conceptual através da reconstrução das formas naturais segundo a lógica e a geometria, e rejeitando a simples cópia ou representação da aparência visual e sensorial do objecto.

De facto, o cubismo propõe uma nova representação com base nas mais recentes descobertas da Física (a teoria da Relatividade e a teoria da Quarta Dimensão) e da Filosofia (o conceito sociológico que o Ser Humano não se move apenas nas três dimensões do espaço físico, mas também no Tempo).

Talvez por esta razão, as pinturas cubistas aparecem como uma representação coordenada de momentos estáticos, captados na mesma tela.

 

Como já referido o intervalo de acção deste movimento posiciona-se entre 1907 e 1914 e deve a sua criação a Georges Braque e a Pablo Picasso.

Pablo_Picasso_Fanny_Tellierweb

Rapariga com bandolim (Fanny Tellier), Pablo Picasso, 1910 (MoMA, EUA).

https://en.wikipedia.org/wiki/File:Pablo_Picasso,_1910,_Girl_with_a_Mandolin_(Fanny_Tellier),_oil_on_canvas,_100.3_x_73.6_cm,_Museum_of_Modern_Art_New

Além de ter sido influenciado pelas descobertas científicas da época, para a definição do Cubismo foi igualmente importante o trabalho de Cézanne, que encarava a pintura como uma reconstrução lógica e geométrica da Natureza, e a arte étnico-primitiva (sobretudo, a africana).

Segundo Cézanne “Tudo na Natureza se modela como esferas, cones e cilindros. Devemos aprender a pintar baseados nestas formas simples e só depois seremos capazes de fazer tudo quanto quisermos.”

Cézanne será, possivelmente, o mais influente dos artistas Pós-Impressionistas, sendo o responsável por forjar uma ligação entre o Impressionismo e o Cubismo, sendo a 1ª fase do cubismo designada fase: cezanniana, ou pré-analítica (1907-1909).

Pablo Picasso considerava Paul Cézanne como «o pai de todos nós».

As fases do cubismo

O Cubismo evoluiu bastante ao longo dos seus sete anos de actividade e, assim, podem-se distinguir três fases:

  • 1ª fase: cezanniana, ou pré-analítica (1907-1909),
  • 2ª fase: analítica, ou hermética (1909-1912),
  • 3ª fase: sintética (1912-1914).

Pode conhecer de forma detalhada as caraterísticas, artistas e a evolução das 3 fases do cubismo no Curso Online Pintura das Primeiras Vanguardas 1

Aprenda mais sobre os movimentos de vanguarda artística

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Newsletter

Menu