1990 | O maior roubo de arte na história dos EUA

1990 | Maior roubo de arte na história dos EUA

18 de Março de 1990 | Maior roubo de arte na história dos EUA : 13 obras de arte ( mais de 500 milhões de dolares) são roubadas do Museu Isabella Stewart Gardner em Boston.

Autora: Rute Ferreira

1990 | Maior roubo de arte na história dos EUA im 31990 | Maior roubo de arte na história dos EUA im 1

 

Obras de Rembrandt e de Vermeer, dois dos mais importantes artistas do barroco europeu foram levadas do Museu Isabella Stewart Gardner, em 1990, junto com pinturas de Degas e Manet. Uma publicação da época, de um jornal brasileiro, dá conta de alguns detalhes do crime.

Maior roubo de arte na história dos EUA

Mercado de ArteCurso onlineVeja o Programa

Como foi o roubo de arte

Como diz a notícia, publicada no jornal O Estado de São Paulo, de 1990, os dois ladrões se disfarçaram de policiais, e disseram aos seguranças que estavam ali para atender a um chamado de emergência. Havia apenas dois funcionários fazendo a segurança de todo o local, um grande edifício cujo estilo relembra os palácios venezianos do período renascentista. Ao terem a entrada permitida, algemaram os seguranças e levaram o equivalente a US$ 500 milhões em obras de arte, incluindo Tempestade no Mar da Galileia (fig.da esquerda), de Rembrandt, e O Concerto (fig.da direita), de Vermeer.

No total, eles levaram treze obras da instituição, numa ação que durou pouco mais de uma hora. E mesmo tendo levado peças caríssimas, e de valor estético enorme, deixaram para trás obras de Botticelli, Rafael e Ticiano, certamente mais valiosos que um vaso chinês que os assaltantes também fizeram questão de levar no assalto. Recentemente, a imprensa noticiou que os homens que fizeram parte do roubo estariam mortos, segundo o FBI, mas nada se sabe do paradeiro das obras. Suas molduras, entretanto, continuam no lugar.

As peças roubadas

Mercado de ArteCurso onlineVeja o Programa (1)Tanto Vermeer (1632-1675) quanto Rembrandt (1606-1669) são pintores holandeses do movimento barroco e suas obras figuram entre as mais importantes do período e da história da arte, de modo geral, não só pelos temas, mas pela qualidade estética dos mesmos. Rembrandt se destaca por ter pintado especialmente cenas bíblicas, autorretratos e retratos de grupos. Vermeer representou, em sua obra, essencialmente figuras femininas, retratos de moças, tendo como obra mais conhecida a Moça com Brinco de Pérolade 1666.

Uma notícia do primeiro semestre de 2017, ou seja, vinte e oito anos depois do roubo, afirma que os quadros estão perto de ser encontrados. Em maio, a recompensa pela devolução dos quadros – que até então era de US$ 5 milhões – dobrou de valor, e embora alguns especialistas em arte acreditem que é impossível recuperar os quadros em bom estado, depois de tanto tempo, há quem acredite que, apesar disso, eles podem ser devolvidos sem muitos danos.

Aprenda mais sobre história da arte nos cursos online

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Newsletter

Menu