Polimnia | a Poesia Sacra (hinos)

Polimnia é a musa grega da poesia sagrada (hinos)

polimnia pub 2Musa Polimnia, por Le Sueur, 1652-1655
Eustache Le Sueur– Musée du Louvre, Paris

https://es.wikipedia.org/wiki/Polimnia#/media/File:Muse_Polyhymnia,_by_Eustache_Le_Sueur_-_The_Muses_(detail).jpg

Polimnia | a Poesia Sacra (hinos)

  • Musa da poesia sagrada, também considerada musa da geometria, meditação e agricultura
  • Com ar pensativo, usando túnica e véu
  • Com instrumentos agrícolas
  • Com instrumentos musicais

A Musa Polimnia, entre 1455 e 1460, presumível de Francesco del Cosa

Polimnia pub 1

https://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Francesco_del_Cossa_001.jpg

As Musas

Os gregos antigos acreditavam que o seu trabalho era inspirado e ajudado directamente pela Musa da arte na qual se enquadravam.

Por isso, todos os poemas épicos, por exemplo, tipicamente começam com um pedido ou elogio do autor à musa Calíope, para que esta o inspire.

Mnemósine terá uma relação com Zeus, da qual resultarão as 9 MusasCalíopeClioÉratoEuterpeMelpômenePolímnia,TerpsícoreTália Urânia.

Conheça a genealogia da segunda geração de deuses gregos no artigo 6 titãs e 6 titânides | 2ª geração de deuses gregos

Mitologia Greco romanaInicialmente, as musas foram criadas para celebrar a vitória dos deuses sobre os titãs, na chamada Titanomaquia.

Consideradas divindades da primavera, com o tempo a importância delas aumentou até se tornarem deusas – e responsáveis pela inspiração humana.

Museu

Museu, do grego Moiseum, significa Templo das Musas, e em Alexandria, já na antiguidade, essa designação era usada para locais que serviam ao estudo da arte e das ciências, justamente campos ligados a esses seres mitológicos.

As Musas inspiraram o nome dos museus, mas você sabe quem foram essas criaturas?

Elas são nove musas e cada uma está ligada a algum componente cientifico ou artístico.

São elas: Calíope, musa da eloquência e da poesia heroica; Clio, musa da história; Érato, musa da poesia lírica e erótica; Euterpe, musa da música; Melpômene, musa da tragédia; Polímnia, musa da poesia sagrada; Terpsícore, musa da dança; Talia, musa da comédia e festividade e Urânia, musa da astronomia.


[siteorigin_widget class=”Thim_Courses_Widget”][/siteorigin_widget]
[siteorigin_widget class=”WP_Widget_Custom_HTML”][/siteorigin_widget]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Newsletter

Menu