o que é literacia visual na arte?

Quando falamos ou escrevemos sobre arte envolvemos processos de conhecimento e resposta à imagem visual – ou seja: literacia visual .

Iremos ver o que é a literacia visual na análise de arte, o seu significado e a sua importância no processo de comunicação.


Baseado em textos de Yolanda Silva, autora do curso online Análise de obras de arte.


o que é literacia visual?

A definição mais simples que podemos dar é a capacidade de entender uma imagem. o que é literacia visual

e o que é literacia visual na arte?

Mas a literacia visual não envolve apenas o processo de apreensão e compreensão da mensagem contida na obra. A literacia visual é todo o processo de pensamento que possa estar envolvido na construção e/ou manipulação de uma imagem. Portanto, ela tem a ver igualmente com o «falar sobre a obra», ou seja a produção de um discurso sobre as representações.

o que é literacia visual 2
A verbalização de uma imagem implica a transformação de algo visual em palavras que sejam entendidas por outros e, assim, a criação de um discurso coerente usando da articulação de saberes estabelecidos (relacionados com a obra, o seu processo de criação, a nossa leitura da expressividade, contexto histórico-cultural, a iconografia,…).

o que é  a literacia visual no processo de comunicação?

A imagem, por si só, é uma forma de comunicação por excelência. Desde o início do Tempo, que o homem usa signos e símbolos para comunicar uma mensagem específica, desde a mais simples à mais complexa, em momentos de perseguição ou de expansão.

No nosso quotidiano atual, podemos colher diversos exemplos:

Um semáforo vermelho significa «Parar»; vemos uma garrafa com um quadrado ou um triângulo amarelo e preto, com o desenho de uma chama ao centro e sabemos que o conteúdo da dita garrafa é inflamável; um triângulo cruzado na etiqueta de uma peça de roupa diz-nos para não usar lixívia.

A interpretação destes símbolos implica também a existência de literacia visual para a sua compreensão.

No âmbito da História da Arte, a cuidada descrição e interpretação dos objectos artísticos permite descortinar algo mais do que aquilo que se apresenta no imediato. Por exemplo, uma imagem de um jovem, com um lírio na mão, a aproximar-se de uma moça a rezar, deixa de ser apenas isso, para ser uma imagem da Anunciação, em que o Anjo Gabriel se apresenta a Maria, comunicando-lhe que está grávida do Salvador.

Programa do curso online Análise de Obras de Arte

1. Análise de uma obra de arte

  • Leitura / Interpretação

  • Escrever sobre Arte: conceitos de retórica visual e literacia visual

2.  Pintura

  •  Elementos da análise formal

    1.       Identificação;

    2.       Dados técnicos;

    3.       Temática;

    4.       Função;

    5.       Estrutura (considerações básicas e essenciais);

    6.       Composição

  •  Conteúdos: iconografia e simbolismo

  •  Categorias de temática na pintura

  • Análise prática de uma pintura (Mrs. Richard Brinsley Sheridan, de Thomas Gainsborough)

3.  Escultura

  • Elementos da análise formal

1.       Identificação;

2.       Dados técnicos e de estrutura;

3.       Temática;

4.       Função;

5.       Composição.

  •  Tipos de escultura

  • Análise prática de uma escultura (Leão funerário (autor desconhecido; c. 350 a.C.).

4. Arquitectura

  • Elementos da análise formal

1.       Identificação;

2.       Função ou propósito de construção;

3.       Estrutura;

4.       Relação entre função e estrutura;

5.       Relação entre a história e geografia do local de construção e as formas arquitectónicas.

  • Análise prática de uma obra de arquitetura (Central Tejo, Lisboa)

Yolanda Silva

Yolanda Silva

Tem formação em História da Arte (Faculdade de Letras da Universidade do Porto). O seu percurso levou-a a trabalhar no Arquivo Histórico Municipal do Porto e no Museu do ISEP, no âmbito do inventário e conservação de coleções de Fotografia. Andou pelo mundo dos antiquários e pelo turismo, até que se tornou formadora, dedicando-se às áreas de História da Arte, Iconografia e Conservação de Fotografia. Trabalha atualmente no Departamento de Cultura da Câmara Municipal do Porto, no âmbito do Património. Tem diversos trabalhos escritos / publicados nas áreas da História da Arte, Iconografia e Conservação.

Da autora

2 Comentários. Leave new

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Newsletter

Menu