Vamos escrever um conto sobre a quarentena?

Durante o período de quarentena seguramente vivemos experiências que “davam um livro“.  Não é preciso tanto. Basta escrever um conto e submeter ao concurso lançado pela Livraria Lello.

escrever um conto e concorrer ao Prémio Contos da Quarentena

Uma  iniciativa da Livraria Lello que visa incentivar a produção de contos por escritores anónimos portugueses e/ou estrangeiros.

Os contos apresentados a concurso deverão focar-se nas experiências individuais de cada um durante o período excepcional que vivemos devido ao Covid-19.

Os 6 melhores contos apresentados a concurso ganharão um prémio monetário no valor de mil euros cada, e verão os seus textos publicados pela Livraria Lello.

Como fazer a inscrição?

As inscrições e submissão das obras a concurso deverão ser feitas, até ao dia 31 de maio de 2020.

As candidaturas devem ser apresentadas através de formulário online.  Pode encontrar o formulário  e o regulamento na respetiva página da Livraria Lello.


Esta iniciativa da Livraria Lello, para além da hipótese de ganhar um prémio e ver os seus textos publicados, é um incentivo para passarmos a escrito as nossas experiências e sensações.

O período que vivemos atualmente surpreendeu-nos a todos de forma abrupta, obrigou-nos  a reorganizar e repensar as nossas vivências e levanta-nos questões sobre as quais não tínhamos ainda refletido.

Passar ao papel experiências e pensamentos durante este período seja a escrever um conto ou um simples diário pode ser bastante libertador. E quem sabe se não descobrimos uma vocação?


A Livraria Lello

É considerada uma das mais belas livrarias do mundo e não é por acaso. Uma paragem incontornável para quantos visitam o Porto.

A “Livraria Internacional de Ernesto Chardron” foi inaugurada em 1869 na Rua dos Clérigos. Em 1906 foi inaugurado o novo edifício da Livraria Lello, na Rua das Carmelitas, nº 144, causando impacto na época. O edifício tem caraterísticas muito particulares.  O neogótico do início do Sec. XX reflete-se na fachada, no vitral, nos arcos e na famosa escada que terá inspirado  J.K. Rowling para uma das cenas de “Harry Potter e a câmara dos segredos”.

[siteorigin_widget class=”SiteOrigin_Widgets_ImageGrid_Widget”][/siteorigin_widget]
[siteorigin_widget class=”SiteOrigin_Widget_Button_Widget”][/siteorigin_widget]

Pode ver outras sugestões para este tempo de quarentena na secção do nosso blogue FICAR EM CASA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Newsletter

Menu