Qual a diferença entre porcelana e cerâmica ?

Newsletter

Neste artigo vamos ver a diferença entre porcelana e cerâmica e a razão de utilizarmos estas 2 designações.

Qual é a diferença entre porcelana e cerâmica ?

Na realidade não existe propriamente uma diferença entre porcelana e cerâmica pois a porcelana é um dos vários tipos de cerâmica tal como a faiança ou a terracota.

A diferença entre porcelana e cerâmica e as diferentes designações derivam da composição das pastas cerâmicas e das metodologias de fabrico.

Assim temos:

Cerâmicas

que de acordo com a composição da sua pasta podem ser

  • Terracota
  • Faiança
  • Grés
  • Porcelana

Pastas cerâmicas

Vamos abordar neste ponto, de forma sintética, as principais pastas utilizadas na produção de peças cerâmicas e as suas caraterísticas mais marcantes.

TERRACOTA

Produto executado em pastas coadas de argilas vermelhas, amarelas ou brancas, sujeitas a uma cozedura e sem revestimento vítreo.

Apresenta boa plasticidade e é fusível a 1100ºc.

A terracota tem sido utilizada ao longo dos tempos quer em trabalhos de índole artística quer na construção, numa vertente utilitária. As tijoleiras presentes em muitos pavimentos sobretudo no Sul de Portugal são executadas em terracota. Do mesmo modo podemos encontrar tijolos, vasos e vasilhas feitas com este tipo de pasta.

diferença entre porcelana e cerâmica

Figuras chinesas de terracota http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/2/22/Terrakotta_2006_2.jpg

FAIANÇA

Produto obtido através do revestimento integral da chacota com vidrado estanífero, sobre o qual se aplica a decoração.

Tem alta plasticidade e coze a baixa temperatura.

Em Portugal as peças de faiança mais conhecidas são as da Fábrica de Faianças Bordalo Pinheiro, nas Caldas da Rainha, tanto no que respeita a faiança utilitária como decorativa. Muitas destas peças podem ser apreciadas no Museu Bordalo Pinheiro, em Lisboa.

 

faiança 1

Para aprender a conservar peças cerâmicas

Curso online Conservação e Restauro de Cerâmica

GRÉS

Produto cuja pasta tem grande densidade, com composição à base de sílica, quartzo e feldspato, e que vitrifica entre os 1150º e os 1350ºc.

Segundo a origem da argila e a quantidade de óxido de ferro pode adquirir tons que vão desde o branco e cinzento ao amarelo e castanho.

A sua plasticidade é média e apresenta alta resistência devido ao chamote.

diferença entre porcelana e cerâmica

prato em grés

PORCELANA

A diferença entre porcelana e cerâmica reside então na tipologia da pasta.

A Porcelana é um produto de pasta com granulometria muito fina, com composição à base de caulino. É muito densa, branca, translúcida e com pouca plasticidade. Geralmente é revestida com vidrado transparente.

É uma pasta de alta temperatura e sofre uma elevada contracção na cozedura.

Composição: caulino 60%, quartzo (sílica) 20% e feldspato 20%. O feldspato mais usado é o de potássio devido à elevada estabilidade contra deformação.

Apresenta alta impermeabilidade, pois o feldspato é fundente.

Consoante a temperatura e quantidade de cada uma das matérias-primas, é classificada como “porcelana dura” (coze entre os 1380º e os 1460ºc. e exige atmosfera redutora) ou “porcelana macia” (coze entre os 1170º e os 1270ºc. e exige atmosfera oxidante).

Porcelana vista alegre

Taça de porcelana Vista Alegre

No curso online Conservação e restauro de cerâmicas vai aprender

1 – Conservação – Conceitos e princípios éticos

  • Conceitos e princípios de intervenção
  • Conservação preventiva

2 – Conservação preventiva

Iremos, nesta parte do curso online de conservação e restauro de porcelanas / cerâmicas abordar apenas de forma sintética o conceito de conservação preventiva, os seus objetivos e vantagens.

3 – Técnicas de Produção – os diversos tipos de cerâmicas

Será apresentada nesta lição a composição dos vários tipos de cerâmica, as argila existentes, as pastas e os elementos que originam os diferentes tipos de coloração.

Ficará a saber a diferença entre porcelana e cerâmica.

– TIPOS DE PASTAS

– TÉCNICAS DE EXECUÇÃO

– DECORAÇÃO E PINTURA

4 – Conservação e Restauro de porcelanas / peças cerâmicas

  • Análise e diagnóstico
  • Principais patologias
  • Processo de intervenção
    • Limpeza
    • Remoção de Restauros Antigos
    • Colagem
    • Preenchimento de Lacunas
    • Reintegração

5 – Estudos de caso práticos de conservação e restauro de porcelanas / cerâmicas

Pode aqui analisar 3 diferentes intervenções em peças de tipologias diferenciadas e respetivas opções de tratamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Newsletter

Menu