Conservação e Restauro de Azulejo. Método de intervenção in situ

Newsletter

Conheça a obra de Conservação e Restauro Azulejo. Método de Intervenção realizada in situ. Fonte do Cano, Vinhais, Trás-os-Montes, Portugal.

Trata-se de fonte barroca cujo “espaldar” e tanque remontam ao Sec. XVIII. Apresenta estrutura pétrea com brasão constituído por um Escudo Real com cinco escudetes dispostos em cruz.

Nas paredes laterais encontram-se painéis de azulejos do Sec. XX (anos 30) de fabrico nacional, provavelmente Fábrica de Sant’Anna, de acordo com inscrição. Estes representam, de um lado, o Pelourinho da Vila e, do outro lado, a extinta Capela da Misericórdia. Foi considerada como tendo propriedades profiláticas e curativas.

Os trabalhos de Conservação e Restauro Azulejo foram realizados in situ. Tiveram, por isso, o envolvimento e acompanhamento sistemático da população do Concelho.

Conservação e restauro azulejo – Estado de conservação

Conservação e Restauro de Azulejo_Antes da Intervenção 3

Antes do inicio da intervenção de Conservação e Restauro de Azulejo, apresentava sujidades várias: acumulação de poeiras, vestígios de tintas, diversos tipo de adesivos, restos de argamassas sobre a superfície, presença de fracturas e fissuras, desagregação da chacota, biodegradação.

Conservação e restauro azulejo – Intervenção

A intervenção de Conservação e Restauro azulejo na Fonte do Cano teve em consideração os princípios de intervenção mínima. No entanto, procurou-se devolver a leitura estética e funcionalidade à obra.

Sendo um ex libris  da localidade houve um acompanhamento próximo da população e informação simples mas sistemática das operações realizadas.

Operações realizadas

Abertura de Juntas com espátula e bisturi

Fixação pontual nas zonas de destacamento.

Conservação e Restauro de Azulejo. Fonte do Cano.

Tratamento da colonização biológica através de desinfestação.

Limpeza da Superfície Vidrada

Preenchimento de juntas

Conservação e Restauro de Azulejo_Reintegração Volumétrica 1

Preenchimentos de lacunas volumétricas

Nivelamento e polimento de massas

Conservação e Restauro de Azulejo_Reintegração cromática

Reintegração cromática

Proteção finalPatrimonio integrado cultural de lisboa azulejo

Enquadramento

Nesta intervenção houve que considerar o enquadramento dos painéis.

Situam-se no exterior, integrados numa fonte e logo com uma acrescida presença de humidades. Deve-se ainda salientar que a zona onde se situa a fonte (Trás-os-Montes, Portugal) tem condições climatéricas particulares: neve e gelo no Inverno e muito calor no Verão.

Este enquadramento favoreceu o aparecimento de colonização biológica.  Foi necessária particular atenção ao tratamento curativo e preventivo de colonização biológica.

Pode ter interesse

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Newsletter

Menu