como funciona uma camera digital ?

Neste artigo vamos saber como funciona uma camera digital e quais os seus componentes.

Fotografar é hoje muito simples. Basta um click e já está! Partilhamos o momento. Mas terá a fotografia apenas este objetivo de partilha? Ou constitui uma ferramenta poderosa pessoal e profissional que requer equipamento e conhecimentos adequados?

A fotografia é uma arte e um prazer mas também uma ferramenta de trabalho para as mais diversas atividades profissionais.

Aprenda como funciona uma camera digital com a ajuda da Vera Carvalho – autora do curso Fotografia – Como fotografar.


como funciona uma camera digital e quais os seus componentes e funções

Componentes

Esquema de uma camera fotografica

como funciona uma camera digital esquema

O espelho, prisma e viewfinder são três componentes diferentes na máquina fotográfica , o prisma e o espelho encontram-se dentro da camera digital e não são visíveis a olho nu.

O iso está directamente relacionado com o sensor da máquina fotográfica .

Este vídeo ajuda a perceber onde estão e para que servem.

COMO FUNCIONA UMA DSLR (elementos e como se organizam)


Então como funciona uma camera digital e as funções dos seus componentes

DISTÂNCIA FOCAL

Medida em milímetros, determina o ângulo de visão efectivo da lente.

As distâncias focais são calculadas mediante a diagonal do sensor da camera digital .

Existem câmaras chamadas full frame, cujos sensores se aproximam em tamanho ao fotograma de uma película 35mm, e há os sensores APS-C, que são de tamanho inferior (chamados cropped sensor).

Ou seja para um sensor full frame uma distância focal normal rondará os 50mm, no entanto numa camara cropped sensor para se obter o mesmo ângulo de visão, a distância focal normal será por volta dos 28mm.

full frame vs crop

DIAFRAGMA (abertura)

Denominada por f/stop

Assemelha-se à pupila do olho que abre e fecha para deixar entrar mais ou menos luz

É o mecanismo que determina a quantidade de luz que entra em determinado momento dentro da lente e influencia diretamente a profundidade de campo da fotografia.

OBTURADOR (velocidade)

Mecanismo semelhante a uma cortina que se situa imediatamente atrás do espelho e determina o intervalo de tempo em que o sensor está exposto à luz que viaja pela lente através do diafragma.

Este intervalo de tempo (velocidade) mede-se em segundos e fracções de segundos; os segundos são maioritariamente utilizados em situações de fotografia nocturna em que se utilizam também tripés para evitar tremores; em fotografia diurna, o usual é utilizarem-se fracções de segundo e nesse caso denominam-se por avos de segundo. Por exemplo 1/60, significa um segundo dividido em 60 partes e diz-se 60 avos de segundo ou só 60 avos.

Nestes casos, quanto maiores forem os números mais rápida é a velocidade com que o obturador abre e fecha resultando em tempos mais curtos de exposição, que congelam o movimento.

Quanto menores forem os números mais lenta é a velocidade com que o obturador abre e fecha resultando em tempos de exposição mais longos, que captam arrastamento.

 ISO (sensibilidade)

ISO significa International Organization of Standardization

Nos tempos da fotografia analógica, quando se usava emulsão com grãos de prata em suspensão a forma de conseguir captar mais luz era aumentar o tamanho dos grãos de prata, ou seja da superfície que reagia à luz; no entanto o efeito secundário era o aumento da presença de ruído na imagem.

À semelhança do que acontece na fotografia analógica, na fotografia digital quando aumentamos a sensibilidade dos pixéis do sensor à luz, criámos ruído na imagem e desvios na cor.

Quanto maior for o iso, mais ruído está presente na imagem o que contribui para menor nitidez, maior é a probabilidade de existirem desvios de cor.

Quanto menor for o iso, menos ruído está presente na imagem, mais nítida aparenta e mais fiéis são as cores à realidade.

como funciona uma camera digital iso

TRIÂNGULO DA EXPOSIÇÃO

Para conseguir expôr-se o sensor à luz de forma a produzir uma imagem, é necessário dominar três variáveis: a abertura (controlada pelo diafragma), a velocidade (controlada pelo obturador) e a sensibilidade (determinada pelo ISO).

Cada uma destas variáveis tem a sua própria escala, e os valores podem ser organizados em terços, metades ou stops completos, no início é mais simples trabalhar com stops completos e decorar essas tabelas com menos valores.

Um Stop representa uma alteração de luminosidade relativa. Representa metades ou dobros.


Muito genericamente vimos como funciona uma camera digital | Aprenda a manipular os vários fatores e elementos que condicionam a fotografia.

Programa do curso fotografia – Como fotografar.

1 – HISTÓRIA DA FOTOGRAFIA

1.1   – Câmara obscura e a propagação rectílinea da luz

1.1   – Principais intervenientes

2 – COMO FUNCIONA UMA CÂMARA

2.1 – Componentes

2.2 – Distância focal

2.3 – Diafragma (abertura)

2.4 – Obturador (velocidade)

2.5 – ISO (sensibilidade)

2.6 – Triângulo de exposição

3 – COMO MEDIR A QUANTIDADE DE LUZ – FOTOMETRIA

3.1 – Exposímetro

3.2 – Leitura

3.5 – Histograma

4 – BALANCEAMENTO DE BRANCOS (WHITE BALANCE – WB)

4.1 – Temperatura de cor

4.2 – Balanceamento de branco (WB)

5 – LUZ

5.1 – Quantidade / intensidade

5.2 – Cor

5.3 – Qualidade

5.4 – Direção

5.5 – Formas simples de manipular a luz

6. COMPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA

6.1 – Regra dos terços

6.2 – Simetria

6.3 – Sobreposição de planos  / profundidade

6.4 – Molduras naturais

6.5 – Cor

6.6 –Linhas de fuga

6.7 – Escala

6.8 – Preenchimento do enquadramento

6.9 – Espaço negativo

6.10 – Silhueta

6.11 – Pontos de vista

6.12 – Separação / profundidade de campo

6.13 – Distrações

6.14 – O que se oculta

6.15 – Variedade / elemento surpresa

7 – DICAS PARA FOTOGRAFAR PATRIMÓNIO E ARTE

Vera Carvalho

Licenciada em Tecnologia da Comunicação Audiovisual (ramo de fotografia) pelo Instituto Politécnico do Porto e formadora certificada. Começou a trabalhar profissionalmente na área da pós-produção fotográfica em 2010, atividade que ainda exerce. Mais recentemente tem desenvolvido trabalho na área da fotografia documental familiar e de e-commerce.

Conheça os cursos da área de fotografia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Newsletter

Menu