Analisando Arte | Ecce Homo

Newsletter

Vamos olhar para mais uma das mais conhecidas representações de Jesus na arte: Ecce Homo

Analisando Arte | Ecce Homo

Ecce_Homo Sec. XV, Mestre português anónimo

“Ecce Homo” terão sido as palavras que Pôncio Pilatos pronunciou quando apresentou Jesus perante a multidão, segundo João (19.5).

Esta cena tem sido representada ao longo da história da arte ocidental e constitui um dos ícones do período pascal cristão.

Pedimos novamente à colega Yolanda Silva que nos ajudasse  a identificar esta representação, a sua origem e simbologia.

Ecce Homo | Coroação de Espinhos

Personagens principais envolvidas

Jesus; soldados romanos; por vezes, Pilatos.

Descrição

Jesus é apresentado a Pilatos para ser condenado e depois é ridicularizado e açoitado pelos soldados romanos.

Os soldados vestem-no com um manto púrpura e colocam-lhe na mão uma cana e na cabeça uma coroa de espinhos. Ajoelhando-se perante a sua figura, continuam o vexame chamando-o de rei dos Judeus.

A cena do Ecce Homo tornou-se mais frequente a partir do século XVI.

Ecce HomoAntonio Ciseri (1821-1891)

Elementos iconográficos relevantes

Jesus vestido com manto púrpura, cana na mão e coroa de espinhos na cabeça.

Por vezes, atado a uma coluna (flagelação anterior).

Pretende suscitar a compaixão e o arrependimento.

Ecce Homo,, Caravaggio  Caravaggio (1571-1610)

Referências

Ecce Homo: João 19, 5.

Mateus 27, 27-31; Marcos 15, 16-20.

Atributos da cena da coroação: João 19, 2.

Aprenda mais sobre iconografia e análise de arte

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Newsletter

Menu