11 Dicas de Fotografia | Fotografar obras de arte

11 Dicas de Fotografia para fotografar obras de arte e Património. 

Uma imagem vale mil palavras!

Apresentar um portefólio, um curriculum de trabalhos artísticos, um relatório de uma intervenção de restauro, um registo de inventário de obras de arte e tantas outras situações profissionais, exigem imagens de alta qualidade.

Eis aqui 11 dicas de fotografia para estas situações e que podem fazer a diferença na apresentação dos seus trabalhos e projetos.

Do curso Online FOTOGRAFIA: COMO FOTOGRAFAR

1 .  Acertar a perspectiva

É essencial garantir que o ângulo da lente da câmara fotográfica está paralelo à obra/edifício. De outra forma estará a distorcer a sua forma, a lente da câmara deve estar alinhada com o centro do objecto.

dicas de fotografia 1

https://www.artsyshark.com/2015/04/23/mistakes-photographing-art/

Exemplos do efeito  se a câmara não está centrada com o objeto.  A imagem esquerda está centrada corretamente. Nas outras imagens a câmara está deslocada.

 

2 .  Preencher o enquadramento

Fotografia áreaDependendo do objectivo da imagem final poderão existir excepções, no entanto, é aconselhável preencher o máximo possível do enquadramento com a obra / edíficio para garantir que capta uma imagem com a maior resolução possível.

Não se esqueça de alterar a orientação da câmara entre um enquadramento vertical ou horizontal dependendo da forma da obra / edíficio que está a documentar.

3 . Garantir o foco

Muitas vezes o ponto de focagem pré-determinado pela máquina é o ponto central do enquadramento.

Para garantir que a máquina consegue focar o que está a fotografar convém manipular este ponto e selecionar o que está mais próximo do elemento que quer ver perfeitamente focado e garantir que a cena apresenta elementos de contraste nessa área.

As máquinas têm muitas dificuldades a encontrar o ponto de foco quando a cena não apresenta contraste de luz/cor.

A fotografia também pode ficar desfocada se for utilizada uma velocidade de obturação demasiado lenta. Por exemplo, ao fotografar sem tripé, quando seguramos com as próprias mãos na câmara, o nosso corpo não está completamente parado. Se a velocidade for inferior a 1/100 é possível que já seja visível o tremor do próprio corpo na imagem.

Pode realizar um teste de antemão para determinar qual a velocidade mais lenta em que consegue fotografar com a câmara nas mãos sem obter desfoque.

4 . Invista num tripé

Um tripé é um investimento extra mas para quem tem dificuldades em alinhar a câmara, manter o enquadramento paralelo, ou para quem fotografa em condições de luz mais fraca como em interior ou ao anoitecer é essencial.

Um tripé de qualidade dura uma vida inteira, encontre um que se adeqúe ao peso da sua máquina e lente para não correr o risco do tripé tombar.

O objectivo é poder libertar as suas mãos e poder deixar o equipamento tranquilamente montado.

5 . Evite usar o flash incorporado na câmara

Este encontra-se no mesmo eixo que a lente e vai sempre causar reflexões indesejadas.

Se tiver oportunidade escolha fotografar pinturas antes de serem finalizadas com um verniz brilhante ou antes de serem emolduradas.

Se não tiver esta opção opte por fotografar num ângulo superior a 90º em relação à fonte de luz sendo o ideal ter duas luzes que se cruzem à mesma distância iluminando de forma uniforme o quadro.

dicas de fotografia 2

http://muddycolors.blogspot.pt/2012/12/how-to-photograph-your-paintings.html

 

6 . Diferentes fontes de luz emitem diferentes temperaturas de cor

O olho humano está preparado para compensar e se ajustar facilmente a estas alterações, mas as nossas câmaras não têm a mesma capacidade o que pode resultar numa alteração substancial dos tons em partes diferentes da imagem.

Se estiver a fotografar numa sala em que o seu assunto esteja a ser iluminado por luzes incandescentes e luz natural, o ideal será desligar as luzes incandescentes para que a câmara, no modo AWB (auto white balance) seja capaz de reproduzir o branco o mais fiel possível à realidade.

Assim evita ter uma parte da imagem com um tom predominantemente azul e outra com um tom laranja, como pode ver abaixo.

dicas de fotografia 3

7 . Sempre que possível utilize um fundo neutro ou procure um ângulo para enquadrar o assunto em que distrações sejam minimizadas.

Se estiver perto de paredes coloridas a luz vai reflectir essa cor na sua obra.

Tire sempre mais do que uma fotografia do mesmo assunto, ajuste o enquadramento e os pontos de vista, mais tarde terá mais hipóteses de escolha.

8 . Tenha em consideração a utilização final da imagem

Se por exemplo for para uma publicação a ser acompanhada com texto é importante fazer imagens na orientação fotografiahorizontal e vertical, uma vez que não sabe qual se ajustará melhor ao espaço disponível na publicação para o seu artigo.

9 . Faça múltiplas exposições

Por vezes cenas com um elevado contraste de luminância são impossíveis de capturar com detalhe simultaneamente nas zonas de alta luz e nas zonas de sombra, por isso é importante fazer algumas exposições diferentes para que posteriormente, quando estiver a editar a imagem lhe seja possível recuperar detalhes.

Um tripé pode ser vital nesta tarefa uma vez que se o enquadramento for exactamente o mesmo será muito mais simples fazer esta mistura dos dois ficheiros.

10 . Não fotografe com o diafragma aberto nem fechado ao máximo.

Todas as lentes têm uma abertura ideal a nível da nitidez.

Pode fazer um teste rápido para determinar qual é essa abertura na sua lente e utilize-a preferencialmente quando estiver a fotografar.

11 . Fotografe sempre em raw

Este tipo de ficheiro não é comprimido e permite o maior nível de ajustes quando estiver a editar.

 

Newsletter

Junte-se a nós nesta fantástica aventura no mundo da ARTE  HISTÓRIA  CULTURA

Ao carregar em subscrever aceita que o seu email seja utilizado somente para lhe enviar nossa newsletter bem como informações relativas às atividades de Citaliarestauro.com. A qualquer momento pode utilizar o link de cancelamento de assinatura integrado na newsletter.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Newsletter

Menu