São Nicolau – o bispo do sec. 13 que inspirou o Pai Natal

Newsletter

[sibwp_form id=1]

Pai Natal, Papai Noel, São Nicolau, Kris Kringle, Santa Claus ou apenas Santa.

São algumas das designações desse velhinho simpático, de barbas brancas, que distribui presentes às crianças que se portaram bem.

Porque associamos a figura do Pai Natal a um bispo do Sec. 13?

São Nicolau

icone de São Nicolau 1294

ícone de São Nicolau 1294

 

Nicolau de Mira nasceu em Patara, na atual Turquia, onde faleceu a 6 de dezembro de 350.

Foi bispo de Mira e o seu dia litúrgico é 6 de dezembro.

Foi canonizado pela igreja católica mas é igualmente venerado pelas igrejas ortodoxa, anglicana e luterana.

É Santo padroeiro da Grécia, Rússia, Noruega e da cidade de Amesterdão, na Holanda.

É o padroeiro dos comerciantes e dos estudantes. Nesta condição, em Guimarães, Portugal, realizam-se as festas Nicolinas em sua honra.

É pois um dos santos mais venerados da cristandade.

Porquê a sua associação ao Natal e, posteriormente, à figura do Pai Natal?

São Nicolau é também considerado o padroeiro e protetor das crianças. Daí a sua associação direta à Natividade de Jesus.

São-lhe atribuídos vários milagres envolvendo a proteção dos pobres e a distribuição de alimentos, e a proteção (e ressurreição) de crianças.

São Nicolau ressuscita 3 crianças massacradas Ilustração Grandes Heures d'Anne de Bretagne

São Nicolau ressuscita 3 crianças massacradas Ilustração Grandes Heures d’Anne de Bretagne

 

Uma das suas lendas conta que uma família muito pobre não teria dote para casar as suas filhas. O Santo, à noite, atira um saco de moedas pela janela para ajudar ao dote.

O dote das 3 virgens Gentile da Fabriano, c. 1425

O dote das 3 virgens Gentile da Fabriano, c. 1425

 

Diversas lendas de milagres e aparições deste santo são, ao longo do tempo e em vários locais, ligadas à distribuição de “pão” durante a época natalícia e à proteção das crianças.

Aprenda mais sobre iconografia nos cursos online

Newsletter

[sibwp_form id=1]

Menu