As Pedras, testemunhas silenciosas…

Exposição de arte | As Pedras, testemunhas silenciosas…

Exposição de arte no centro histórico de Santarém, Rua Serpa Pinto nº 35 e 60. De 3 a 30 de Setembro 2018. Conjunta; Carlos Amado, Fernanda Narciso, Mário Rodrigues.

A Arte está na obra per si, claro!

Mas cada vez mais a Arte está na forma de comunicar a obra… No conceito, no percurso, na mensagem.

Exposição de arte 1

 

Olhemos para a exposição de arte “As Pedras, testemunhas silenciosas…” .

 

 

 

O conceito

exposição de arte 5

 

 

 

 

A cidade desfez-se em pedras. Arrancámo-las à terra mãe e construímos as cidades, para depois as destruir.

 

 

 

 

Exposição de arte 8

 

 

 

Criamos muros de sacrifício, de obediência, gastamo-las com o nosso corpo em penitências e promessas, criamos catedrais, hinos à vida e à morte.

 

 

 

 

 

exposição de arte 4

 

 

Ao longe ainda algumas pedras estonteadas se levantam, foram o nosso chão, o chão das nossas coisas, agora somos nós as coisas do seu chão e a pedra entra e rola entre o nosso pé e o sapato e continua a acompanhar-nos no seu ciclo de silêncio.

 

 

 

 

Expoisção de Arte 6

 

 

 

Cuidamos dos corpos entrelaçados e frios e elas, as pedras, sempre mudas, olham-nos e estão prontas para recomeçar.

 

 

 

 

 

Exposição de arte 9

 

 

 

As pedras esperam, rosadas, brancas ou negras abrem-se e dão-se-nos em flor. Feliz, o nosso olhar é uma ideia, um pensamento, o delas é apenas um silêncio.

 

 

 

 

exposição de arte 10

 

 

Que Arte louca é esta que nos faz arrancá-las do ventre da terra, carregá-las às costas… que nos deixa, com o nosso saber, rasgá-las ao meio, transformá-las em tendões, músculos e veias?

 

 

Podemos, se quisermos, transformá-las em areia, levá-las connosco ao cumprimento do seu sacrifício, da sua obediência, sabendo desde o início que serão sempre testemunhas silenciosas.

Folha de sala da exposição de arte “Pedras, testemunhas silenciosas…”

 

O Percurso

Carlos Amado

“As Pedras, testemunhas silenciosas…” da “destruição das cidades”, conceito que o artista tem vindo a trabalhar nas suas obras.

Carlos Amado 2Carlos Amado 1A

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Não há império que valha que por ele se parta uma boneca de criança.

Fernando Pessoa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para conhecer melhor Carlos Amado, carregue aqui.

Fernanda Narciso

“As Pedras, testemunhas silenciosas…” da reutilização, da renovação, do recomeço. No feminino…

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para conhecer melhor Fernanda Narciso, carregue aqui.

Mário Rodrigues

“As Pedras, testemunhas silenciosas…” de nós, das nossas vidas e das nossas memórias.

Nas pedras que calcamos no nosso caminho.

Para conhecer melhor Mário Rodrigues carregue aqui.

 

A Mensagem

 

Numa instalação coletiva, “As Pedras, testemunhas silenciosas…”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Pode estar interessado nos nossos cursos online:

Curadoria de arte

Mercado de arte

Análise de obras de arte

 

Newsletter

Junte-se a nós nesta fantástica aventura no mundo da ARTE  HISTÓRIA  CULTURA

Ao carregar em subscrever aceita que o seu email seja utilizado somente para lhe enviar nossa newsletter bem como informações relativas às atividades de Citaliarestauro.com. A qualquer momento pode utilizar o link de cancelamento de assinatura integrado na newsletter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Newsletter

Menu