o cavaleiro azul

O cavaleiro azul | Kandinsky e uma “nova pintura” | e-book interativo

14,00

E-book interativo – O Cavaleiro Azul

O Cavaleiro Azul foi um movimento artístico? O grupo Cavaleiro Azul foi uma das primeiras oportunidades que Kandinsky obteve para desenvolver seus projetos de uma “nova pintura”.

Autor – Lennon Noleto

E-book interativo:

  • 57 páginas de texto e imagens
  • 22 ligações para artigos, páginas, vídeos, exposições e bibliografia.

O Cavaleiro Azul foi um movimento artístico?

O grupo Cavaleiro Azul foi uma das primeiras oportunidades que Kandinsky obteve para desenvolver seus projetos de uma “nova pintura”.

A Munique das primeiras décadas do século XX foi o sítio apropriado este encontro: numa cidade que crescia a largos passos numa modernidade peculiar, juntaram-se ao pintor artistas que à época nutriam interesses semelhantes. Franz Marc, Gabriele Münter e August Macke são apenas alguns integrantes do grupo que será decisivo para os rumos da história da arte.


Autor – Lennon Noleto

Lennon NoletoLicenciado em filosofia e mestre em Arquitetura e Urbanismo (Estética) pela Universidade de Brasília. Doutorando em Estudos Culturais pela Universidade do Minho.

Investiga as áreas de estética e da filosofia da arte, especialmente artes visuais, filosofia da história e teoria da imagem. Interesse em autores ligados à germanística, como Wolfang von Goethe, Georg Hegel, Walter Benjamin e Aby Warburg.


Índice geral

  • Introdução
  • Bens Materiais x Bens Espirituais
  • “Forma” segundo Kandinsky
  • Misticismo, primitivismo e essência – Expressionismo?
  • Outras colaborações:
    • August Macke
    • Gabriele Münter
    • Marianne von Werefkin e Alexej Jawlensky

O e-book interativo O cavaleiro azul tem por objetivos

Tratar da corrente artística expressionista o Cavaleiro Azul, fomentada em Munique entre os anos de 1909 e 1912. Através da análise de registros, tanto textuais como imagéticos, pretende-se aprimorar conhecimentos e favorecer uma análise crítica daquela vanguarda.

Primeiramente, pretende-se estimular uma análise metodológica do discurso historiográfico da arte, de modo que o leitor exercite sua capacidade de desmontar historicismo, retóricas e outros fatores que acabam por dificultar uma compreensão razoável da obra de arte.

Deste modo, o curso movimenta-se por uma exploração a partir das próprias obras, o que se diferencia de uma abordagem que alinha a arte a fatos históricos. Neste ponto, a ideia central é que a crítica seja imanente à obra, e não algo exterior.

Consequentemente, o segundo objetivo é compreender em que medida as obras do Cavaleiro Azul não configuram mera “retórica utópica” comum aos diversos modernismos. Como em qualquer movimento, há problemas que precisam ser expostos de modo que não se cristalize em categorias ou lugares comuns.

O que é um e-book interativo?

Nos e-books interativos da Citaliarestauro.com vai encontrar uma abordagem de autor aos temas tratados através de texto e imagens.

Mas queremos que o seu momento de leitura se prolongue!

Daí os nossos e-books integrarem diversas ligações para artigos, sites, repositórios, vídeos, exposições ou outros conteúdos relacionados com o tema.

Adaptados a dispositivos móveis, serão uma ferramenta de consulta e um estímulo para aprofundamento e exploração dos temas tratados.

Como comprar?

Basta adicionar à sua encomenda a partir desta página. Uma vez efetuado o pagamento, receberá o seu e-book em formato Pdf descarregável via e-mail com a confirmação da encomenda.

Avaliações

Não existem opiniões ainda.

Seja o primeiro a avaliar “O cavaleiro azul | Kandinsky e uma “nova pintura” | e-book interativo”

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Você pode gostar…